5 dicas de marketing digital para sua franquia se destacar na web

5 dicas de marketing digital para franquias

Para expandir uma franquia é necessário utilizar não apenas boas técnicas de negócios, mas também mecanismos que favoreçam um maior alcance do público-alvo. Como sabemos, a compra de uma franquia demanda muita troca informação e hoje a grande maioria das pessoas se informa primeiro na internet.

Se o seu objetivo é expandir sua franquia, é essencial demonstrar conhecimento da empresa tanto sobre o negócio em si quanto sobre o mercado onde está inserido!

Mas… como informar melhor? Aqui vão as 05 dicas para se destacar na web utilizando o marketing digital e, assim, alcançar os seus futuros franqueados!

 

01 – Tenha um site com domínio próprio

Com um domínio próprio, ou seja, seu nome na internet, você se torna mais relevante para o Google e passa mais autoridade e respeito para quem olha, tanto para o site quanto para os e-mails recebidos. Por exemplo, qual e-mail você acha que passa maior credibilidade para o público, “nome.sobrenome.123@UmServidorQualquer.com” ou “contato@SuaEmpresa.com.br”? Isso mesmo. A segunda opção.

Para obter um domínio “.br“, primeiro você deve verificar a disponibilidade do nome junto ao Registro.br. Algumas vezes o domínio “.com.br” pode já estar registrado, mas dependendo do seu negócio pode haver alternativas, como “.arq.br” para arquitetos, por exemplo. No próprio site do Registro.br você pode efetuar a compra do domínio!

Ainda durante o processo de avaliação de como será seu domínio, é interessante conferir a disponibilidade desse mesmo nome nas Mídias Sociais. Isso trará uma alinhamento na sua identidade web, para que uma vez aprendido o nome de um dos seus canais, os outros também sejam lembrados, evitando algo como “SeuNegocioOnline.com.br”, “@CompreSeuNegocio” no Instagram e “@SeuNegocioMatriz” no Facebook.

A disponibilidade do seu domínio nas principais Mídias Sociais podem ser conferidas através do site NameChecker, para garantir o alinhamento entre todos os perfis. Por exemplo, toda a presença digital da Gol Linhas Aéreas é “voegol” ao invés de apenas “gol”. Isso pode ser uma boa alternativa diante de domínios indisponíveis.

Além disso, o Google oferece ótimas ferramentas para ajudar na presença web do seu negócio. Uma delas é o Google Business View, fundamental quando alguém busca pelo nome de uma empresa, porque possui prioridade de exibição, ficando, muitas vezes, acima da busca orgânica. Você encontra uma discussão mais detalhada mais sobre isso utilizando este guia do próprio Google.

Para uma presença mais avançada junto ao Google, outros recursos como o Google Search Console (Linkar ao termo destacado: http://resultadosdigitais.com.br/blog/google-search-console-como-usar/) e Google Analytics também podem ser interessantes.

 

02 – Torne-se uma autoridade

Na internet, o ideal é que seu site seja a maior fonte de informação sobre sua área de atuação. Assim, sempre que seu público procurar algo relacionado ao seu negócio, ele encontrará algum dos canais da empresa (site ou Mídias Sociais), aumentando a autoridade do seu negócio sobre esse assunto!

Para isso, é importante que você conheça seu público e saiba distinguir quem quer comprar seus produtos ou serviços e quem quer comprar seu negócio. Eles têm comportamentos e interesses diferentes, então, é preciso deixar áreas separadas do site para esses dois públicos distintos, e, de preferência, um site para o seu consumidor e um outro site com um blog específico para o potencial franqueado.

Assim você comunicará todo o conhecimento que adquiriu ao longo do tempo e também fornecerá ao seu público-alvo conteúdos que sejam muito interessantes para eles, sem falar de promoções da semana para um futuro franqueado sem taxas de retorno sobre investimento para quem compra seus produtos ou serviços.

Um ponto importante, tratando-se de um sistema de franquias, é que haja apenas um site para toda a rede. Dessa forma, não há disputa territorial dentro do Google entre as unidades e o controle fica com o franqueador. As franquias podem ter mais voz nas Mídias Sociais, onde poderão postar conteúdos mais locais, direcionados e pontuais.

 

03 – Crie listas segmentadas de e-mails

Se você pensa que o e-mail é uma ferramenta de comunicação ultrapassada, está enganado. Apesar das Mídias Sociais serem muito interessantes, muitas vezes uma postagem passa despercebida pelo público. Já no e-mail, é bem fácil as pessoas, ao menos uma vez por dia, olharem suas caixas de entrada por completo. Sua lista de e-mails, ou lista de leads, é o principal ativo de sua empresa no Marketing Digital.

Além disso, tão importante quanto ter uma lista, é mantê-la sempre ativa, atenta e engajada. Dessa forma, é fundamental criar listas segmentadas para as quais você envia apenas o que pode ser útil ou interessante para aquela segmentação específica.

Se o assunto e o conteúdo do e-mail é relevante para quem o recebe, as taxas de abertura e cliques tendem a aumentar, gerando mais engajamento do que em uma Mídia Social, onde a mesma coisa é dita igualmente para todo o público, sem direcionamento, ou seja, sem segmentação.

E dentre os vários públicos diferentes de suas listas, é indispensável que você segmente o público que tem interesse em ser seu franqueado. Se deseja saber um pouco mais sobre e-mail, recomendamos a leitura de uma postagem muito interessante do nosso parceiro Imagética Design sobre a importância do e-mail marketing.

 

04 – Mídias Sociais: Esteja próximo ao seu público

Estar presente nas Mídias Sociais é primordial para ficar próximo ao seu público.  Em geral, para sua franquia –por mais que seu franqueado também tenha perfis nas Mídias Sociais–, é importante que tenha um perfil maior, ao qual os perfis das unidades locais se conectam. Mas em quais mídias sociais vale a pena estar presente?

Como já falamos anteriormente, é preciso conhecer o seu público e analisar seu comportamento. O consumidor de moda, por exemplo, pode utilizar o “InstaStories, no Instagram. O consumidor literário pode estar no Medium. O consumidor da decoração pode preferir o Pinterest. Já os empreendedores que pensam em ter uma franquia do negócio dele podem estar no Linkedin. Sem falar que o Facebook é uma rede social utilizada tanto por empresas quando para utilização pessoal.

Redes Sociais

Você não precisa estar em todas as Mídias Sociais, mas deve pensar no público com quem está falando em cada uma das redes que julgar ser interessante ao pensar na sua audiência. Outro ponto importante é manter os canais escolhidos vivos, sempre atualizados com conteúdo relevante. Um canal “abandonado” pode passar uma má impressão, então é melhor ter uma Mídia Social bem ativa do que cinco perfis com a última postagem de meses atrás.

 

05 – Invista em Mídia Paga

Utilizar uma Mídia Paga é muito mais do que fazer uma mera publicidade na internet. É utilizar estratégias para que seus conteúdos alcancem um público maior e, ao mesmo tempo, mais específico! A construção de uma presença e autoridade na web demanda tempo, mas com uma boa estratégia de anúncios, do dia para a noite você pode ver aumentar o número de visitantes em seus canais.

Um ponto importante é que seus anúncios levem os usuários para as páginas específicas (landing pages) que o anúncio faz referência. É muito negativo levar quem buscou por informações sobre da sua franquia, vindo através de um anúncio, para uma promoção de compra ao invés de ir para uma página específica sobre o assunto, não é mesmo?

Para entender o conceito um pouco melhor, vejamos alguns tipos de exibição de anúncios do Google Adwords, ferramenta do Google onde os anunciantes pagam por determinadas palavras-chave para aparecerem nas buscas e aumentarem o número de visitantes em seu site ou páginas específicas:

Rede de Pesquisa: Exibe o anúncio junto dos resultados de pesquisa do Google quando as pessoas pesquisarem termos que são relevantes (palavras-chave) para seu anúncio. Esse tipo de exibição tem prioridade em relação aos resultados da busca orgânica (não paga) do Google, sempre aparecendo nas primeiras posições.

Os anúncios da rede de pesquisa aparecem no topo ou na lateral dos resultados.

Rede Display: Mostra anúncios em websites e aplicativos quando suas palavras-chave estiverem relacionadas aos seus conteúdos. Essa modalidade pode exibir anúncios tanto em forma de texto, como na Rede de Pesquisa, como em forma de banners, com imagens e textos.

Rede de Pesquisa com exibição na Rede Display: Essa modalidade é exatamente a mistura das duas primeiras. Um mesmo anúncio pode ser exibido tanto nos resultados da busca do Google, como nos sites parceiros da Rede Display.

A rede display coloca os anúncios em sites que escolheram mostrar anúncios usando o Google AdSense, o serviço de distribuição de anúncios do Google.

Google Shopping: Mais do que uma simples campanha de texto, mostra aos usuários fotos de produtos, título, preço e nome da loja, criando uma categoria exclusiva de pesquisa, bem como exibição prioritária.

Vídeo: Exibição de anúncios em vídeos ou em outros recursos de streaming de vídeo no YouTube e em toda a Rede de Display do Google. Esse anúncio já começa a ganhar características de anúncios em Mídias Sociais.

*** BÔNUS ***

Anúncio de Mídia Social: Ampliam o engajamento das divulgações no Facebook, LinkedIn, Twitter, Instagram. Esse tipo de anúncio pode ter vários objetivos diferentes, como, por exemplo, aumentar o número de seguidores (ampliando a prova social e a audiência), divulgar uma informação específica, levar seguidores ao site, converter seguidores em cadastros na lista de e-mail (leads).

A grande diferença entre o anúncio de Mecanismo de Busca e de Mídia Social é que quem busca por algo no Google provavelmente já possuía interesse. Já os anúncios em Mídia Social são interessantes para a geração de demanda, ou seja, exibir ou impactar quem nunca sequer pensou sobre o assunto!

O importante para isso é configurar corretamente o perfil do público para o qual o anúncio será exibido, em especial o público de Remarketing, quando o anúncio é exibido para quem visitou recentemente seu site ou uma determinada página específica.

Tenha em mente que é importante tudo remar para um mesmo sentido. Deve haver uma ligação entre as campanhas de mídia paga, os e-mails para quem se converter em lead (deixar cadastro nas landing pages) e os conteúdos, fazendo tudo convergir de forma integrada e sistêmica. Planejar é preciso e precioso!

 

Concluindo

O Marketing Digital é fundamental para o fortalecimento e reconhecimento da sua franquia. Com ele você pode alcançar muito mais clientes, que começam na web e repercutem em vendas reais, especialmente a venda de uma franquia – por precisar de uma quantidade maior de informações – a um menor custo e sem limitações geográficas.

Por isso, ter uma presença web efetiva, listas de e-mails segmentadas por perfil de público, um bom conteúdo, estar nas mídias sociais certas e anunciar de modo inteligente é primordial para o sucesso de franquias na web!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *